Emílio Ribas ganha nova UTI e moderno centro de diagnósticos
Por: Ass Imprensa SES São Paulo - 04/12/2017

Novo prédio anexo integra primeira fase da maior obra de ampliação e modernização do hospital centenário, referência em tratamento de doenças infecciosas; investimento do governo do Estado é de R$ 189 milhões

 

O Instituto de Infectologia Emílio Ribas, da Secretaria de Estado da Saúde, ganhou nesta sexta-feira, 1º de dezembro, Dia Mundial de Luta contra a Aids, um prédio anexo que abrigará uma nova UTI e um moderno centro de diagnósticos.

Esta é a primeira fase da maior obra de ampliação e modernização da história do hospital, inaugurado em 1880, referência nacional no tratamento de doenças infectocontagiosas. O investimento do governo do Estado na reforma totaliza R$ 189 milhões.

A nova torre possui 13 novos leitos de UTI. Nos próximos dias o prédio também terá instalado os equipamentos do novo Parque Tecnológico do Centro de Diagnóstico do hospital. Os 40 primeiros leitos novos do prédio hospitalar antigo também estão sendo entregues nesta fase.

Diagnósticos mais precisos, rápidos e seguros poderão ser realizados por meio do investimento de R$ 4,5 milhões em alta tecnologia para o Centro de Diagnóstico, que passa a contar com equipamentos de última geração, como um aparelho de radiodiagnóstico telecomandado, três aparelhos de ultrassom doppler colorido, 13 vídeoendoscópios e sistema de digitalização de imagens.

Os novos leitos de UTI são integralmente equipados com o sistema de "pressão negativa" que permite o tratamento do ar e o adequado isolamento e proteção dos pacientes e profissionais. Já os primeiros 40 leitos entregues no prédio hospitalar antigo são equipados com camas de comando eletrônico, que possibilitam mais comodidade aos pacientes e às equipes de enfermagem no dia a dia.

O próximo passo será a continuidade da reforma no prédio hospitalar, que foi erguido nos anos 50. As obras estão sendo realizadas em etapas para não prejudicar o funcionamento do hospital e, quando concluídas, o número de leitos (comuns) aumentará 47%, saltando de 165 para 242 e os leitos de UTI serão praticamente triplicados, passando de 17 para 47.

    O Emílio Ribas deverá ser o primeiro hospital público da administração direta do Estado a receber um selo verde, no caso a certificação Acqua da Fundação Vanzolini. A unidade passará a ter, por exemplo, placas para o reaproveitamento da luz solar, sistemas inteligentes para a redução do consumo de água e sistema de captação de energia solar para complementar o aquecimento da água utilizada nos banhos.

“O Emílio Ribas é uma grande referência para São Paulo e Brasil no tratamento de doenças infectocontagiosas, e oferece atendimento de excelência aos pacientes que vivem e convivem com HIV/Aids. Essas obras de reforma e ampliação reforçam o compromisso do Governo do Estado de garantir cada vez mais qualidade e conforto para os usuários do SUS”, afirma o secretário de Estado da Saúde, David Uip.

Soltura de balões e Noite Cultural

            O Emílio Ribas também realizou, às 12h da última sexta-feira, dia 1º de dezembro, a tradicional soltura de dez mil balões vermelhos em celebração ao Dia Mundial da Luta contra a Aids.  O número é compatível com os dez mil pacientes em tratamento no Instituto, atualmente, que conta também com uma equipe de 1.500 profissionais. A soltura é também uma homenagem às 35 milhões de pessoas que morreram de Aids no mundo, desde o início da epidemia.

Após a soltura, o coral Ensemble Stúdio Marconi Araújo fez uma apresentação que vai misturou pop rock, teatro musical, ópera e música litúrgica. Um dos destaques foi a canção “Who Wants To Live Forever” da banda Queen, cujo vocalista, Fredie Mercury, morreu em 1991 em decorrência da Aids.

A partir das 18h aconteceu a “Noite Cultural”, evento que celebra os 10 anos da Fundação Poder Jovem, entidade que nasceu no hospital e que trabalha com jovens vivendo e convivendo com HIV. O evento foi apresentado pela atriz e comediante Nany People, madrinha do projeto, no auditório Professor Ivan de Oliveira Castro (no próprio Emílio Ribas).

Como marca do Dezembro Vermelho, campanha de prevenção e orientação sobre HIV/Aids, o Instituto também estará iluminado na cor vermelha durante todo o mês.

 



 








Publicidade:
Últimas Noticias
30/04/2018
20/04/2018
18/04/2018
18/04/2018