Expoprag 2018 trará novidades para o controle de pragas em hospitais
Por: ADS Brasil Comunicação - 08/08/2018


Expoprag 2018 trará novidades para o controle de pragas em hospitais

Dia 05 de agosto comemorou-se o Dia Nacional da Saúde. A data tem duplo significado, remetendo aos cuidados com a saúde das pessoas e com a saúde dos ambientes hospitalares. Nesse aspecto, o controle de pragas é fundamental e requer elevado grau de especialização.

Com o objetivo de ajudar a garantir a segurança e a saúde de colaboradores e pacientes, além de prevenir doenças, o biólogo e vice-presidente executivo da Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas (Aprag), Sérgio Bocalini, aponta que o combate às pragas em hospitais exige uma análise e estratégias específicas. “Muitas vezes o problema não está no ambiente. Há casos de pragas trazidas nas embalagens que acondicionam produtos entregues nos hospitais.”

“No hospital temos dois problemas: gerenciamento de riscos biológicos e riscos de contaminação química,” acrescenta Bocalini.

Baratas e ratos estão entre as pragas que devem ser controladas nos hospitais. De hábitos noturnos, procuram ambientes com grande acúmulo de comida e sujeira. As baratas podem disseminar agentes patogênicos para alimentos por meio de seu corpo, sendo conhecido um grande número de bactérias, fungos, helmintos, protozoários e vírus transportados por estes insetos. E os roedores podem transmitir diversas enfermidades ao homem como leptospirose, peste bubônica, tifo murino, triquinose e salmonelose.

Para combater essas pragas, é recomendável um programa de controle integrado para reduzir prejuízos econômicos e o risco de transmissão de doenças.  Somente a limpeza diária não é suficiente para combater a proliferação, com isso, normalmente os controladores utilizam inseticidas na formulação gel, armadilhas luminosas e iscas raticidas. Sabendo que se trata de ambientes hospitalares, onde circula um grande número de pessoas, o cuidado deve ser feito por empresas especializadas no controle de vetores e pragas para evitar riscos de contaminação, intoxicação e possíveis alergias com os produtos químicos a serem utilizados.

Mais informações sobre como combater estas e outras pragas urbanas em hospitais estarão expostas na EXPOPRAG 2018, maior encontro da América Latina voltado para o mercado de controle de vetores e pragas urbanas. A visitação a feira é gratuita e aberta ao público e o Congresso destinado aos profissionais (inscrições pagas) acontece de 29 a 31 de agosto, no Centro de Convenções Frei Caneca em São Paulo (SP). Informações e inscrições pelo site: www.expoprag.com.br.

Sobre a APRAG

Fundada em 1992 por um grupo de empresários, a APRAG nasceu para ser uma entidade representativa das empresas controladoras de pragas presentes no estado de São Paulo. Desde então, desenvolve ações e projetos em prol da profissionalização e do desenvolvimento de setor de controle de pragas em todo Brasil, tornando o setor de controle de pragas mais profissional e ético. Os principais objetivos da associação é a divulgação técnica das principais pragas urbanas e dos métodos de controle por meio de cursos e seminários, esclarecimento junto aos consumidores sobre formas de controle e correta contratação de empresas especializadas, atuação junto a órgãos públicos envolvidos nas ações de controle de vetores e pragas sinantrópicas, além de promover o incentivo à pesquisa científica e ao desenvolvimento de novas técnicas e produtos. Mais informações no site: http://aprag.org.br/

 

Publicidade:
Últimas Noticias
30/11/2018
19/10/2018
19/10/2018
19/10/2018