Instituto Português de Oncologia: sucesso baseado no humanismo e pesquisa de ponta
Por: Redação HOSP - 02/12/2019

 

 

O Instituto Português de Oncologia - IPO-Porto tem como principal objetivo oferecer a melhor assistência médica, com base nos mais altos padrões de competência técnica.

Tendo iniciado suas atividades em abril de 1974, o hospital foi um dos pioneiros na luta contra co câncer em Portugal. Desde então, vem apresentando um grande desenvolvimento e se destacando no diagnóstico, pesquisa e tratamento da doença,

O Instituto, conta com um amplo grupo de profissionais altamente capacitados que, em todos os níveis, fica ao lado do paciente para apoiar e fornecer tudo o que ele precisa, de forma eqüitativa O IPO-Porto dispõe de 11 clínicas e 26 serviços inteiramente ao dispor do paciente. Divididas por áreas de especialização, as clínicas e serviços asseguram um tratamento personalizado e próximo dos seus familiares, para que todos os passos do tratamento sejam seguidos de forma clara e consciente. Na entidade, cada doente é único e usufrui de todos os recursos e tratamentos necessários para a resolução do seu problema.

Os serviços estão distribuídos nas clínicas de Cirurgia da Cabeça e Pescoço, Tumores Endócrinos, Sistema Nervoso, Pulmão, Pele, Tecidos Moles e Osso, Pediatria, Onco-Hematologia, Mama, Ginecologia, Patologias do Sistrema Digestivo, e Urologia. Além disso, são oferecidos 26 serviços ao paciente.

A luta contra o câncer é uma tarefa diária e permanente, que exige constante pesquisa e esforços inventivos na busca de novos tratamentos e métodos diagnósticos, como forma de renovar as esperanças destes pacientes. O Centro de Pesquisa IPO-Porto é uma unidade reconhecida pela Fundação Portuguesa de Ciência (FCT) desde 2004, cujo principal objetivo é compreender os mecanismos patobiológicos do câncer que possibilitam a prevenção precoce. diagnóstico, avaliação prognóstica precisa e desenvolvimento de terapias mais eficazes.

Esta unidade de pesquisa cresceu exponencialmente desde a sua criação em 2003, e possui 116 pesquisadores, metade dos quais pertencem aos recursos humanos do IPO-Porto; 20 são bolsistas internacionais, 32 são doutorandos registrados e 26 são pesquisadores com doutorado (incluindo oito médicos). O centro de pesquisa é dirigido pelo professor Dr. Manuel Teixeira e inclui cinco grupos de pesquisa translacional e até uma unidade de pesquisa clínica.

No IPO-Porto, as pesquisas assumem uma dimensão fundamental, dando continuidade à melhoria constante dos cuidados prestados aos pacientes com câncer, oferecendo os melhores métodos de prevenção e tratamento diariamente.

 

 

 

 

 

 

 

Publicidade:
Últimas Noticias
30/12/2019
02/12/2019
02/12/2019
02/12/2019