Otávio Viegas: a perseverança como chave do sucesso
Por: Redação HOSP - 02/12/2019

 

Formado em Eletrônica pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), o empresário Otávio Viegas que desde criança sempre sonhou trabalhar nessa área e acreditar que com ela conseguiria vislumbrar um futuro melhor. Muito cedo, ele percebeu que atuar estrategicamente era o melhor caminho para alcançar seus objetivos.

Com viagem marcada para trabalhar no Iraque, o executivo conta que viu sua história mudar ao desistir da viagem e aceitar o desafio feito por um tio de abrir uma empresa de assistência técnica de equipamentos médicos. Assim, ele abandonou o projeto internacional que lhe renderia um salário convidativo para seguir seu instinto nessa empreitada nacional, que se mostrou bem sucedida.

Os primeiros anos como empresário foram bastante exitosos mas lhe faltava algo além, que era o processo de industrialização. “Projetar, desenvolver e produzir, sempre foi uma paixão e um objetivo maior”, revela, “e assim, em 1978, a surgiu a Bel Eletrônica. Esta empresa merece uma atenção especial no sentido de que nela foi, provavelmente, criado o primeiro conceito de robô desenvolvido no Brasil. Naquele momento já falávamos sobre processos eletrônicos inteligentes e desenvolvemos controles de tráfego de locomotivas e de automóveis com operação inteligente, mas o destino traçado era o segmento médico. Assim, em 1983, foi criada a VMI Indústria e Comercio, com a participação da Sílvia, minha esposa e parceira em tudo que se seguiu a partir daquele momento. As experiências adquiridas foram de grande importância para o planejamento estratégico e a realização de um grande sonho”, confidencia.

O empresário conta que assim criaram os alicerces que sustentariam este projeto e que até hoje são seguidos e tem um papel importante na orientação de todos que trabalham em qualquer uma das empresas que hoje compõem o grupo, que são: trabalho em equipe com interdependência; inovação tecnológica; busca pela excelência e evolução contínua.

Fiel à filosofia de que os desafios precisam existir para que se atinjam os objetivos traçados, ele não nega que um dos facilitadores para o desenvolvimento de qualquer empresa seria uma menor interferência do governo no meio empresarial. “Políticas Econômicas de médio e longo prazo também seriam fundamentais para que projetos maiores possam ser empreendidos”, opina. Ele entende que o novo desenho da economia mundial exige do Brasil um novo posicionamento que passa, obrigatoriamente por mudanças nas áreas tributária e trabalhista, embora reconheça que passos importantes já estão em andamento pata termos um país globalizado e mais competitivo. “Na visão sempre otimista que possuo, estou ansioso para que possamos começar a vivenciar um novo conceito de um real e consistente crescimento, que irá mudar a sociedade brasileira para um patamar melhor”, afirma.

Ele também reconhece que um dos grandes desafios para o sucesso na sua área de atuação é a mão de obra qualificada e capacitada, no que sua empresa investe fortemente. Outro obstáculo de peso, na sua opinião é a falta de linhas de financiamento de longo prazo e de juros menores para a implantação de projetos estratégicos e tecnológicos. Contudo ele salienta que a manutenção de uma equipe, não apenas tecnicamente preparada mas também engajada nos propósitos da empresa, passa obrigatoriamente por um tratamento igualitário e respeitoso da equipe, sem regalias , mas também sem injustiças.

Viegas ressalta que sua empresa, como todas no país, é vítima de diversos erros nas políticas econômicas que vêm desde o império, mas com as correções adequadas e a visão empreendedora dos empresários, técnica e perseverante de seus gestores, consegue superar esses obstáculos a ponto de em meio a todas essas instabilidades, estar inaugurando uma empresa nos Estados Unidos onde deve operar em breve e buscar saídas para o crescimento. Contudo, ele salienta as principais características que os empresários precisam apresentar para obter sucesso em suas atividades: “muita coragem, determinação, competência e sempre agir estrategicamente. Nunca esquecer do trabalho em equipe e ações que torne a empresa enxuta e competitiva. Isto não é pouca coisa e nem é fácil, mas é uma receita obrigatória”, ensina.

E para quem inicia sua trajetória profissional ele deixa um conselho importantíssimo: “buscar maiores conhecimentos, pois as escolas não estão acompanhando os desenvolvimentos atuais. A comunicação e a informação estão mudando muito rapidamente tudo que está a nossa volta. O importante, considero até fundamental, é que o jovem se prepare profissionalmente para trabalhar com uma profissão que gosta onde se sente motivado e apaixonado pelo que faz. Isto será fundamental na sua vida”, finaliza.

Otávio Viegas é Presidente da Prime Holding, que congrega empresas como VMI Sistema de Segurança, VMI Tecnologias (Médica), Alfamed, Grupo Serv Imagem (SP-MG-RS-RJ-CE-PE-PI-SE-PA), CVM Construtora e Incorporadora, Compor Construtora, VMI Corporation – EUA, Global Trayding- Hong Kong


 

 

Publicidade:
Últimas Noticias
30/12/2019
02/12/2019
02/12/2019
02/12/2019