Sírio-Libanês é reacreditado pela CARF International
Por: FSB Comunicação - 22/01/2018

 

Certificação mostra a excelência do trabalho desenvolvido pelo Centro de Reabilitação da instituição, que foi a primeira do setor privado a conquistar esse importante selo

 

O Hospital Sírio-Libanês foi oficialmente reacreditado pela CARF International (Commission on Accreditation of Rehabilitation Facilities), grupo independente e sem fins lucrativos fundado em 1966 para melhoria dos serviços de saúde, por seu trabalho na área de reabilitação. O Sírio-Libanês foi o primeiro hospital particular brasileiro a receber esta importante acreditação, em 2014. Ela era válida por 3 anos e, agora, a instituição foi reacreditada por mais 3 anos, que é o grau máximo. Além disso, também obteve a certificação específica para o trabalho que desenvolve com pacientes pós-AVC (acidente vascular cerebral).

“Essa certificação atesta o compromisso da instituição em oferecer ao paciente serviços de reabilitação de excelência, com base em padrões internacionais de grande reconhecimento”, explica a médica fisiatra Christina May Moran de Brito, coordenadora Médica do Serviço de Reabilitação. 

Christina lembra que o selo da CARF é também interessante por introduzir o serviço a uma ampla rede internacional de centros certificados, abrindo a possibilidade de compartilhamento e cooperação. 

Sobre o Sírio-Libanês

A Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês, instituição filantrópica fundada em 1921, trabalha diariamente para oferecer uma assistência médico-hospitalar de excelência, sempre com um olhar humanizado e individualizado, em mais de 60 especialidades. Em uma busca constante, o hospital desenvolve atividades de ensino, integradas ao trabalho de compromisso social. Com o olhar sempre voltado para a tecnologia e inovação na atenção à saúde, o Sírio-Libanês Ensino e Pesquisa promove estudos e compartilha conhecimento. Por meio de uma parceria com o Ministério da Saúde, desenvolve programas de apoio ao Sistema Único de Saúde (SUS) e contribui para a disseminação de conhecimento e boas práticas para mais de 8 mil gestores de saúde em todo o país, como parte do Programa de Apoio e Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS). A instituição também é responsável pela gestão de cinco unidades públicas estaduais e municipais de saúde como parte do trabalho do Sírio-Libanês Responsabilidade Social, além de manter um ambulatório filantrópico para atendimento a pacientes com câncer de mama em São Paulo. 

 

Publicidade:
Últimas Noticias
30/03/2018
23/02/2018
23/02/2018
23/02/2018