Startup iMedicina recebe aporte de fundo de Venture Capital gerido pela Cedro Capital
Por: Virta Comunicação - 04/06/2018

 

 Meta da empresa em 2018 é triplicar de tamanho e investir em tecnologias que atendam melhor o público médico

 

O iMedicina, startup de tecnologia direcionada ao mercado de consultórios e clínicas médicas, celebra mais um passo em seu plano de desenvolvimento. A empresa acaba de receber um investimento de um fundo de venture capital gerido pela Cedro Capital, gestora de fundos e recursos, com o objetivo de desenvolver e acelerar seu negócio. 

A startup surgiu em 2016 com o lançamento de uma plataforma tecnológica - de mesmo nome – que ajuda a otimizar a gestão da clínica ou consultório médico e disponibiliza um conjunto de serviços de marketing para a conquista e fidelização de novos pacientes e gestão da comunicação, como construção do site da clínica e geração de conteúdos médicos especializados. 

Para o CEO e co-fundador do iMedicina Raphael Trotta, o investimento do fundo vai permitir a implantação de instrumentos que melhorem o retorno dos serviços de marketing ofertados. “O aporte será destinado à implementação de melhorias na entrega de resultados aos nossos clientes médicos e também no investimento em ferramentas que atendam mais satisfatoriamente a esse público, o que impacta em um upgrade em nossa equipe de tecnologia e desenvolvimento”, define Raphael. 

O software iMedicina é praticamente o único no Brasil que integra ferramentas de gestão do relacionamento, Marketing e ERP. “Em 2009, quando me formei em medicina e comecei a atender em consultório, passei a ter contato com softwares de prontuário eletrônico que o médico geralmente usa para fazer gestão de agenda, pacientes, faturamento, controle de estoque etc. Porém, algo sempre me incomodou nesses sistemas: eram voltados para o médico já bem estabelecido e com um consultório abarrotado de pacientes. Na época eu, como médico estreante, estava muito mais interessado numa ferramenta de auxílio à captação de novos pacientes. A partir desse momento pensei: então por que não criar um software para médicos que nos ajudasse na conquista de novos pacientes?”, explica Raphael. 

O iMedicina possui duas versões de software. O “iMedicina Software”, quepossui calendário de atendimento, lista de tarefas, histórico dos pacientes, relatórios clínicos, prontuários completos, gerenciador de finanças, fluxo de caixa atualizado e em tempo real, serviços online ao paciente e outros. As informações e dados ficam alocados na nuvem, o que possibilita acessá-los de qualquer lugar. Já o “iMedicina PRO” oferece,  além destas, suporte ao marketing para a captação de novos pacientes com o uso da tecnologia. 

O iMedicina possui nacionalmente cerca de 700 contratos com clínicas e consultórios e dispõe de mais de 1500 médicos cadastrados. Nos últimos 12 meses, a startup cresceu a uma média de 12% ao mês. “Nossa expectativa é triplicarmos o faturamento este ano e consecutivamente em 2019”, avalia Raphael. 

Segurança 

Todos os dados inseridos no iMedicina são protegidos por um avançado código criptografado. O conteúdo só pode ser acessado por clientes ou pessoas autorizadas.

Publicidade:
Últimas Noticias
30/11/2018
16/10/2018
16/10/2018
16/10/2018