Tecnologia a favor da Saúde
Por: Ass Imprensa Pró Laudo - 28/04/2010

Uma nova solução para um antigo problema. Assim a Pró-Laudo, primeira empresa profissional de telerradiologia brasileira, define a tecnologia inovadora que viabiliza a interpretação de exames radiológicos à distância. As vantagens são inúmeras. Para proprietários e gestores de clínicas e hospitais, o uso da telerradiologia significa crescimento, agilidade e competitividade. Para os pacientes que usufruem do método, qualidade, segurança e rapidez na entrega dos resultados.

A telerradiologia ainda é uma tecnologia nova e pouco utilizada no Brasil. Iniciando suas operações em abril de 2009, a Pró-Laudo é a primeira empresa brasileira profissional do setor. Em parceria exclusiva com a maior empresa norte-americana de telerradiologia a Virtual Radiologic Corporation, a Pró-Laudo traz para o Brasil a solução e o know-how empregados nos Estados Unidos. A tecnologia oferecida por este convênio permite que a empresa brasileira receba e transmita grande volume de exames, com agilidade suficiente para garantir a rapidez na elaboração do laudo e na entrega do resultado para os pacientes.

A eficiência é tão alta que a Pró-Laudo garante a entrega de Laudos de Urgência no prazo máximo de duas horas e, em média, em 40 minutos. Além deste serviço, a empresa oferece Laudos de Rotina para exames do dia-a-dia - entregues de acordo com a necessidade do cliente, geralmente em 48 horas - e Laudos de Especialistas, para exames menos habituais, como ressonância mamária ou tomografia coronariana, por exemplo.

O radiologista Felipe Morais, Diretor de Operações da Pró-Laudo, explica que a agilidade na entrega dos Laudos de Urgência pode ser decisiva para a saúde do paciente, sobretudo quando utilizados em emergências de hospitais. O cirurgião-geral José Laurindo da Motta, da Casa de Saúde Santa Maria, de Barra Mansa, no Rio de Janeiro, concorda: "Poder contar com laudos de urgência em menos de duas horas e ter a oportunidade de discutir os casos mais complexos com uma equipe multiespecializada de radiologistas confere maior segurança e eficiência ao atendimento. Com certeza, é um grande diferencial".

O caráter inovador da Pró-Laudo é reconhecido pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), que em 2009 contemplou a iniciativa pioneira com a seleção para o programa Prime - Primeira Empresa Inovadora.

Impulso para crescimento de clínicas e hospitais: Investir em tecnologia é determinante para o crescimento de uma empresa. Para clínicas e hospitais que oferecem serviços de ressonância e tomografia, a telerradiologia é um impulso ao desenvolvimento. "A telerradiologia analisa um maior número de exames em menos tempo, com padrão internacional de qualidade e segurança. Isto significa redução de custos e otimização do trabalho", resume o radiologista Felipe Nirenberg, Diretor de Negócios da Pró-Laudo.

Enquanto a telerradiologia ainda é incipiente no Brasil - estima-se que menos de 5% das instituições privadas de saúde utilizem a tecnologia no país - nos Estados Unidos já é amplamente utilizada e está disponível em cerca de 55% dos hospitais e clínicas Estudo da Universidade Johns Hopkins, desenvolvido em parceria com a Universidade de Yale, revela que hospitais e clínicas que utilizam serviços de telerradiologia são mais eficientes - realizam em média 30% a mais de exames que unidades de saúde que não contam com esta tecnologia.

Nirenberg considera a telerradiologia uma ferramenta estratégica tanto para hospitais e clínicas de grande porte - que lidam com grande volume de exames - quanto para pequenas e médias instituições. "Utilizar a telerradiologia significa dispor de uma equipe complementar de radiologistas, virtualmente ilimitada e capaz de suprir a demanda mesmo nos períodos de maior movimento", o radiologista argumenta.

A tecnologia pode ser a solução para problemas estruturais enfrentados por pequenas e médias instituições de saúde em fase de expansão. É comum, por exemplo, que empresas de pequeno porte desistam de investir em um novo equipamento de ressonância ou tomografia pela impossibilidade de contar com recursos humanos suficientes para elaborar o novo volume de laudos. Outro cenário limitador, comum em municípios afastados dos grandes centros urbanos, é a subutilização de equipamentos já instalados, devido à carência de profissionais aptos.

"Nestes casos, a telerradiologia viabiliza o crescimento da empresa por meio da tecnologia", Nirenberg conclui e destaca a qualidade e segurança com que os 25 radiologistas especialistas da Pró-Laudo analisam os exames. Os profissionais estão espalhados por países como Estados Unidos, Holanda França e Brasil (Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo e Rio Grande do Sul).

Publicidade:
Últimas Noticias
28/02/2019
10/12/2018
10/12/2018
10/12/2018