Diagnóstico por Imagem
Por: Redação - Revista HOSP - 29/05/2013
Principais empresas nacionais e internacionais mostram em primeira mão suas inovações na Jornada Paulista de Radiologia. Destaque para soluções que proporcionam menor exposição do paciente à radiação e que reduzem pela metade o tempo de exame.

Realizada no início do mês de maio no Transamérica Expo Center, na capital paulista, a 43a edição da Jornada Paulista de Radiologia (JPR 2013) reafirmou o evento como principal encontro do segmento na América Latina. Palestras, cursos especiais e estudos de caso atraíram profissionais de todo o globo.

Mais de 100 fabricantes e fornecedores participaram da exposição técnica. Entre eles, a Barco, que mostrou monitores de última geração e ferramentas que aumentam a eficiência no fluxo de trabalho.

Os modelos Nio e Coronis apresentam tecnologia led de excelente nível de brilho, redução no consumo de energia e vida útil prolongada. Já o Eonis se destaca pelo sensor frontal e backlight de led, combinando alta qualidade de imagem e um design atraente e versátil. A versão White desta linha possui um painel de vidro frontal que pode ser lavado, mesmo com produtos de limpeza à base de álcool 70%, ajudando a eliminar micro-organismos e prevenir contaminações.

A família de monitores Coronis Fusion é ideal para imagens de corte transversal. A versão 10MP oferece um elevado nível de resolução em escala de cinza. Inclui ainda software SmoothGray, que permite visualizar imagens curvas, revelando sutis alterações e garantindo um diagnóstico confiável.

Já o Mammo Tomosynthesis 5MP, desenvolvido para tomossíntese de mama digital, se destaca pelo dobro do brilho, mínimo ruído durante o funcionamento e tecnologia que permite a rápida movimentação de imagens sem borrões.

Outra empresa presente foi a Canon, voltada ao gerenciamento de documentos e de imagem. Além das reconhecidas soluções de impressão de tomografia, ressonância, ultrassom e visualização em 3D, exibiu um equipamento especial para exames de mamografia em papel comum, o ImagePrograf iPF510, com tecnologia de jato de tinta que possibilita qualidade semelhante a dos filmes radiográficos e maior variedade de nuances de cores e tons de cinza. No estande também estava o microscópio digital portátil sem fio Micro Capture OP-1, que amplia os objetos em até 400 vezes o tamanho original, captando e transmitindo as imagens instantaneamente via wireless, para aparelhos como iPhones, iPads e iPods.

Produzindo no Brasil 64% de seu portfólio, a Philips Healthcare trouxe destaques como o Multiva 1.5T, para ressonância magnética, que possibilita alta produtividade, redução de até 40% no tempo de preparo do paciente e da bobina, graças ao exclusivo sistema FlexStream, que permite que a maioria dos exames sejam realizados sem a necessidade de itens adicionais. Já o ClearVue, nas versões 350 e 550, é um aparelho de ultrassom desenvolvido para produzir imagens de alta qualidade, que permite aplicações para exame abdominal, pediátrico (cabeça e quadril), musculoesquelético, urologia e próstata, obstetrícia, ginecologia e fertilidade, vascular (cerebrovascular e vascular periférico), doppler transcraniano, cardiologia (adulto e pediátrico), pequenas partes e superficial. O PET/CT TF Select propicia a redução de radiofármaco em até 50%, minimizando a exposição do paciente e da equipe à radiação, e a diminuição de 50% no tempo de aquisição do exame.

Para ler a matéria na integra clique aqui.

Publicidade:
Últimas Noticias
30/12/2019
02/12/2019
02/12/2019
02/12/2019