-->
Login
Torrent lança medicamento para pressão alta, que reduz risco de morte por problemas do coração
Por: Agile - 01/12/2004
A Torrent do Brasil está lançando o Ecator, um inibidor de ECA à base de Ramipril, uma das drogas mais usadas no mundo no controle da hipertensão e na prevenção de complicações cardiovasculares em pacientes de alto risco.

Segundo Sergio Perelman, gerente da Torrent, o Ecator será o medicamento mais barato do mercado brasileiro, incluindo os genéricos, à base de Ramipril, considerado o mais seguro inibidor da ECA do mundo. Sergio explica que, no Brasil, o Ramipril só não é mais usado porque ainda é considerada uma droga cara. "E isto deve mudar substancialmente com o lançamento do Ecator, que pode custar até 25% menos que o similar mais vendido atualmente", afirma o executivo.

Estudos comprovam que o Ramipril reduz o risco de morte por causas cardiovasculares, infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral (AVC), mais conhecido como derrame, e também que apenas 2,5% dos pacientes apresentaram tosse, efeito colateral mais comum dos inibidores de ECA, durante o período em que as pesquisas estavam sendo realizadas. Além disso, o Ramipril circula no sangue do paciente por muito mais tempo, oferecendo mais eficácia no combate à pressão alta, tendo a necessidade de ser ingerido, na maioria dos casos, apenas uma vez ao dia e com o mínimo de efeitos colaterais. A Torrent está lançando o Ecator em duas apresentações: 30 cápsulas de 2,5 e 5 mg, que podem custar, respectivamente, R$ 21,70 e R$ 41,06 ( nos estados de SP, MG e PR);R$ 21,95 e R$ 41,53 no Rio de Janeiro e nos demais estados R$ 21,40 e R$ 40,49.

Publicado no ano 2000, o estudo batizado por HOPE ? Heart Outcomes Preventions Evaluation ? realizado com 10 mil pacientes em vários centros cardiovasculares do mundo, inclusive no Brasil, mostraram que o Ramipril, inibidor da ECA, reduz o risco da mortalidade e da morbidade em pacientes de alto risco. Acompanhados durante cinco anos, os especialistas testavam em um grupo de pacientes a ação do Ramipril e em outro, o da vitamina E. Ao término do estudo percebeu-se que a vitamina E não teve efeito sobre o risco cardiovascular, enquanto o Ramipril reduziu significativamente o risco de infarto e AVC. Dessa forma, o estudo HOPE concluiu que o Ramipril é eficaz não só em baixar a pressão arterial, mas em reduzir o risco cardiovascular, pois a maioria usou a substância por mais de quatro anos sem apresentar qualquer problema nesta área ou efeitos colaterais. Segundo Dr. Mauro Ferreira, diretor médico da Torrent esta foi a primeira vez que um estudo demonstrou que o Ramipril, inibidor de ECA, retarda a progressão da arteriosclerose.

Publicidade:
Últimas Noticias
30/12/2019
02/12/2019
02/12/2019
02/12/2019