Reanimador manual

Noticias relacionadas:

11/2010 - Reanimador manual
Há 20 anos mercado, a Protec foi uma das companhias citadas pelos respondentes da pesquisa em relação ao produto reanimador manual. Fabricante de produtos para suporte à vida, a empresa aposta em avançadas tecnologias desenvolvidas dentro dos mais elevados padrões de excelência e qualidade. "Desde 1990, a Protec preocupa-se com a qualidade total de seus produtos e serviços, bem como a excelência de atendimento junto aos seus clientes. Com o intuito de cada vez mais atender às necessidades e exigências do mercado, inauguramos em 2007 nossa nova sede fabril, em uma área de 2.000 m2, e para 2010 a previsão é de chegarmos a 12.000 m2 de área construída. Essa nova sede está equipada com máquinas e equipamentos de última geração, ainda mais modernos e com contínua melhoria no processo de fabricação", destaca Alexander Massadi, diretor comercial. Atualmente, a Protec atua nos segmentos de gasoterapia, inaloterapia, anestesia, cardiologia e resgate, exportando produtos principalmente para os países do Mercosul. "Anualmente investimos em torno de R$ 2,5 milhões em P&D e estamos constantemente atentos as novas tecnologias surgindo no mercado interno e externo, trazendo esse investimento para o desenvolvimento e aplicação em nossos itens", complementa. Qualidade de ponta a ponta A Protec tem como meta a obtenção da ISO 14000 até o final deste ano. "Trabalhamos com empresas homologadas e comprometidas com a sustentabilidade, além de estarmos adequando todos os nossos processos às exigências desse sistema de gestão de qualidade. Inclusive vários processos já estão bastante adiantados como o de descarte, por exemplo", comenta Alexander. Atualmente aposta em um tema essencial e diferencial para as companhias: a responsabilidade social. Para isso, tem se voltado à capacitação profissional, bem como ao envolvimento com projetos sociais. Outro diferencial é ter uma ampla rede de representantes, distribuidores e assistências técnicas espalhadas pelo Brasil, buscando oferecer ótimo suporte aos nossos clientes e uma parceria bem próxima e de confiança. "Temos sempre como preocupação ouvi-los e buscar soluções, bem como estar abertos a dividir nossos conhecimentos através de cursos mensais", detalha. Novidades para o mercado A Protec apresentou neste ano ao mercado os aspiradores cirúrgicos (foto abaixo) da Linha Evolution, que foram indicados inclusive como finalistas do Prêmio Senai Design 2010. O equipamento, elaborado em ABS injetado com proteção contra os raios ultravioleta, apresenta motor desenvolvido em alumínio, isento de óleo, e trabalha com baixo nível de ruído. Seu frasco e sua tampa são produzidos em policarbonato e são autoclaváveis. "Somos uma empresa jovem, sempre insatisfeitos com o hoje e em constante busca de inovação e melhorias. Temos muito mercado a ser atingido e esse é o nosso maior objetivo", finaliza Alexander Massadi.
01/2010 - Reanimadores manuais
Desenvolvidos para prover com alta eficiência a ventilação artificial para o paciente em casos de infarto, asfixia por substâncias tóxicas e afogamentos, entre ou-tros casos, os reanimadores Protec (ambus) apresentam máscara facial de silicone. De fácil manuseio, são fornecidos com balões, também de silicone, nos tamanhos recém-nato, infantil e adulto. Estão disponíveis nos modelos básico e completo, este último com reservatório, extensão e bolsa de transporte.
11/2009 - Reanimador manual
O reanimador manual adulto fornecido pela empresa possibilita efi-ciente ventilação artificial, com ar enriquecido ou não de oxigênio. Acondicionado em bolsa TNT, é composto de balão autoinflável de polivinil, com capacidade de 1.200 ml e válvula paciente para transporte, com conector de máscara que permite movimento giratório. Incorpora também válvula de segurança e máscara de PVC transparente e atóxica.
12/2008 - Reanimador manual

Indicado para uso em procedimentos de atendimento de emergência médica, o equipamento possui válvula paciente transparente com reduzido espaço morto, dotada de conector da máscara com movimento giratório e válvula de segurança que possibilita abertura de aproximadamente 45 cm/h20. Capaz de oferecer ventilação artificial com ar ou ar enriquecido de oxigênio, o produto é fornecido acondicionado em bolsa TNT e apresenta balão auto-inflável de polivinil com capacidade de 1.200 ml. Também são oferecidos reanimadores para uso infantil e recém-nato.

5/2008 - Reanimadores manuais
Recomendados para primeiros socorros, salas de emergência, UTI, anestesia, recuperação pós-anestésica e outras, os reanimadores são disponibilizados em três diferentes níveis de capacidade de ambus em silicone: 250, 500 e 1.600 ml. Fabricados com materiais resistentes à desinfecção química ou autoclave, os equipamentos têm como finalidade promover a ventilação artificial para o pulmão do paciente em casos de infarto, asfixia, afogamentos, e demais complicações. Os aparelhos são equipados com balão de silicone usados desde recém-nascido a adultos, e máscara facial, também em silicone.