Plataforma que une cama inteligente e monitor de sinais vitais é o destaque da Hill-Rom
Por: Dehlicom Comunicação - 21/05/2019

 

 

Hospitalar 2019: plataforma que une cama inteligente e monitor de sinais vitais é destaque no stand da Hill-Rom

Plataforma composta por cama inteligente e monitor que mede sinais vitais regularmente promete melhorar o processo de temporização da triagem do paciente com os sinais vitais digitalizados e conectados

Com monitoramento constante e inteligência na análise de dados, plataforma permite ainda reduzir tempo e melhorar fluxo de trabalho da enfermagem

Nos tempos em que a oferta de valor na prestação de serviços de saúde é cada vez mais valorizada, a tecnologia tem sido grande aliada e, aplicada à medicina, tem revolucionado os processos de diagnóstico e o tratamento de doenças.

Com a tecnologia aplicada em favor da saúde humana, a Hill-Rom Brasil presentará na Hospitalar 2019 uma nova plataforma que integra o melhor da conectividade Hill-Rom de camas inteligentes e produtos da linha de Sinais Vitais que já são referência no mercado do Brasil e de toda a América Latina. A empresa é referência em equipamentos de sinais vitais tendo marketshare de 80% no Brasil na linha de monitores de sinais vitais, segundo pesquisa com a Data Miner.

Formada pela união de uma cama inteligente e pelo Monitor de Sinais Vitais CSM WelchAllyn, a nova plataforma será demonstrada no stand da companhia na Hospitalar 2019 para mostrar aos visitantes todas as possibilidades de uso e otimização de recursos.

A ideia da empresa é apresentar as soluções de maneira interativa para mostrar como a conectividade pode otimizar ainda mais as práticas de enfermagem e de monitoramento do paciente. Conhecido por seu alto nível de produtividade, o Monitor de Sinais Vitais CSM WelchAllyn permite a realização de exame em tempo bem reduzido.

Exames periódicos feitos de quatro em quatro horas pelo monitor em setores como de internação ou mesmo na unidade de triagem e pronto-atendimento dos hospitais oferecem um quadro atual do cenário do paciente. O diferencial é que o monitor tem a capacidade de analisar qualquer tipo de deterioração da saúde do paciente, mesmo que essa alteração seja mínima. "Muitas vezes o enfermeiro não consegue ter essa visão pela alteração ser imperceptível. Alguns médicos fazem contas, mas o resultado não sai em tempo real", explica Silvia Santos, gerente comercial da linha Front Line Care.

O monitor trabalha a partir de parâmetros previamente introduzidos pela equipe de enfermagem e dá notas de 0 a 3 para cada um deles. Quando identifica, a partir de análise de resultados anteriores, algum parâmetro alterado, ele envia um alerta à equipe médica por meio de um pager, dashboard ou até no celular do profissional. Assim como os monitores, que podem ser controlados por um dashboard, as camas também trabalham com parâmetros previamente definidos. Um aspecto muito importante é o risco de queda, que tem impacto direto no resultado do hospital.

Silvia destaca que o monitoramento constante contribui não só para a melhoria no tratamento do paciente, mas também para a gestão do hospital, já que melhora o fluxo de trabalho de enfermagem com a interface do monitor amigável. "Para o hospital é muito bom ter essa rapidez de resposta porque pode evitar casos de paradas cardíaca, por exemplo, ou até mesmo reduzir o tempo na UTI, medicação e exames", completa.

"A Hill-Rom vem realizando constantes investimentos e parcerias estratégicas em relação a soluções de conectividade porque entende que a conectividade, quando utilizada de maneira inteligente, passa a ser uma ferramenta extremamente importante para a melhora do cuidado do paciente, garante a maximização do uso das soluções e é uma ferramenta fundamental para gerar informações relevantes nas tomadas de decisões clínicas e administrativas dos hospitais", afirma Diego Camacho, gerente de produtos da área de Serviços Técnicos.

Monitoramento constante

Além da diferenciada central de monitoramento, a companhia apresentará uma central avançada de análises, que fornecerá relatórios com indicadores e análises prontas para facilitar decisões clínicas e administrativas, maximizando assim o ganho da instituição após a implementação da solução. Os produtos também têm a possibilidade de conexão direta com todos os prontuários eletrônicos disponíveis no mercado. Além do acionamento automatizado do time de Resposta Rápida, as soluções de conectividade da Hill-Rom promovem interação automática com sistemas de chamada de enfermagem com regras parametrizadas pelo próprio hospital. É possível a inclusão de novos protocolos de alerta precoce, como Morse e Braden, a serem registrados beira leito com monitores de sinais vitais. 

Sobre a Hill-Rom

A Hill-Rom é uma empresa de tecnologia médica, com mais de 10 mil colaboradores em mais de 100 países, constantemente inovando para assegurar que médicos, enfermeiras e profissionais da saúde tenham os produtos que precisam para proteger seus pacientes, acelerar sua melhora e gerenciar suas condições. De camas, passando por dispositivos de screening de visão, mesas de cirurgia e sistemas de liberação de vias de ar, seus produtos e serviços estão onde é necessário, sempre que necessário e como seja necessário para que os profissionais forneçam os melhores cuidados com a saúde.

A empresa foca em cinco áreas principais: mobilidade avançada, cuidado e prevenção de feridas, monitoramento e diagnóstico de pacientes, segurança em cirurgia e saúde respiratória. A família completa de marcas da Hill-ROM inclui: Welch Allyn, Mortara, Trumpf Medical, Liko, Allen e Aspen. Para obter mais informações sobre a empresa acesse: www.hill-rom.com/usa.

Publicidade:
Últimas Noticias
30/06/2019
18/06/2019
18/06/2019
18/06/2019