Siemens Healthineers participa da JPR 2019: inovação com foco na medicina de precisão
Por: Ass Comunicação Siemens Healthinneers - 06/05/2019

 

 

Lançamentos apresentados pela Siemens Healthineers na JPR 2019 mostram cases e soluções práticas de digitalização, medicina de precisão e melhor experiência para o paciente

 

São Paulo, maio de 2019 - A 49ª edição da Jornada Paulista de Radiologia (JPR 2019), organizada pela Sociedade Paulista de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (SPR), que aconteceu do dia 02 a 05 de maio, em São Paulo, já se tornou um dos principais eventos de radiologia e colocou o Brasil no circuito mundial quando se trata de estudos e avanços científicos nesta área. Há alguns anos, a Siemens Healthineers tem usado o seu conhecimento e experiência neste segmento, não somente no mercado brasileiro, e vem trabalhando para estar num patamar de colaboração com toda a cadeia da saúde, principalmente no que diz respeito à medicina de precisão, melhor experiência para o paciente e digitalização.

"É possível auxiliar em ações preventivas nos exames de rotina, fazer follow up pró ativo por meio de machine learning, gestão remota de base instalada, entre outras coisas. Estes são conceitos já bastante conhecidos em outros setores da indústria e que vem sendo inseridos em ritmo acelerado também na Saúde. Com a Digitalização, a Gestão da Saúde Populacional torna-se cada vez mais viável por meio de cuidados individuais e personalizados para cada paciente", explica Armando Lopes, Diretor Geral da Siemens Healthineers no Brasil.

Por meio dessa estratégia é que a companhia apresenta na JPR suas inovações e soluções para esse segmento em constante expansão. No quesito equipamento + soluções, as novidades são:

 

MAGNETOM Altea* - no centro da performance dessa Ressonância Magnética está a exclusiva e inovadora Tecnologia Biomatrix, que permite que o equipamento se adapte às características individuais de cada paciente, promovendo estudos de rotina  mais rápidos e com isso  reduz o tempo de permanência do atendido na instituição, aumentando a eficiência do fluxo de trabalho e retorno mais rápido do investimento. Já o Innovision*, um exclusivo e revolucionário dispositivo que proporciona ao paciente uma experiência multimídia única e imersiva, permite a realização de exames de ressonância magnética em pacientes até então não elegíveis como pessoas com claustrofobia ou movimentos involuntários, por exemplo.

ACUSON Sequoia – lançamento em ultrassonografia que possui a nova tecnologia de geração de imagens BioAcoustic, capaz de adaptar o sinal às diferentes características, garantindo a melhor qualidade de imagem para cada variabilidade física, única em cada paciente. Além do novo transdutor abdominal profundo (DAX), uma nova arquitetura de alta potência e atualizações inovadoras para elastografia e ultrassom com contraste - consegue uma penetração de visualização de até 40 cm. Com sua poderosa arquitetura e recursos inovadores, expande a medicina de precisão - permitindo imagens de alta resolução, que se adaptam ao tamanho e às características pessoais dos pacientes, contribuindo para um diagnóstico mais preciso e confiável.

SOMATOM go.TOP - por meio do uso de um tablete, que é integrado ao tomógrafo, o profissional da saúde pode verificar as informações do paciente, preparar o protocolo e realizar todas as etapas do exame de dentro da sala, ao lado do paciente – a medicina de precisão a favor da humanização. Made in Brazil – desde o início do ano a produção da linha do SOMATOM go.NOW está sendo feita na fábrica da Siemens Healthineers, em Joinville, SC. E a partir de junho, o SOMATOM go.UP também terá sua fabricação em terras brasileiras.

 

MAMMOMAT Revelation – mamógrafo que possibilita menos desconforto através de compressores com compressão suave personalizada, SoftComp, além do benefício da tecnologia PRIME, que reduz em até 30% a dose de radiação, durante o exame 2D  e diminuição da necessidade de repetição do exame, através da tomossíntese mais abrangente de 50° que possibilita alcance da mais alta resolução de profundidade e detalhamento de lesão;  A tecnologia da biópsia mamária 3D, a exposição do fragmento de biópsia durante o procedimento,  a mamografia com contraste e a classificação da densidade mamária são evoluções no equipamento pensando na melhor experiência da paciente e precisão no resultado do exame.

E para o futuro: mais do que "máquinas"

Os avanços tecnológicos já ultrapassaram as novidades para o quesito equipamentos, e hoje, vivencia-se, definitivamente, a era da IA. Toda a inteligência por detrás de um equipamento e de um processo tem feito toda a diferença: "O advento de tecnologias cada vez mais avançadas é inevitável e estão sendo cada vez mais entendidas e utilizadas para trazer benefícios como: prevenção e aumento do bem-estar do paciente, por meio de uma medicina de precisão. As ações repetitivas devem ser cada vez mais realizadas por máquinas e os profissionais da saúde podem se dedicar mais à humanização dos atendimentos e desenvolvimento de plataformas" explica Robson Miguel, Head de Digital Services da Siemens Healthineers no Brasil.

E em conformidade com essa estratégia adotada pela companhia estão as novidades AI-Pathway Companion e AI-Rad Companion Chest CT:

AI-Pathway Companion* - sistema de apoio à decisão clínica baseado em Inteligência Artificial (AI), que auxilia os médicos na tomada de decisões diagnósticas e terapêuticas, ao longo do percurso clínico. Ele foi desenvolvido para ajudar a otimizar os processos durante os caminhos clínicos e, assim, o sucesso geral do gerenciamento de pacientes com fornecimento aos médicos de recomendações para doenças multidisciplinares o estado clínico de cada paciente, com base na integração de dados e Inteligência Artificial e faz sugestões para os próximos passos. A primeira aplicação clínica será para o câncer de próstata.

AI-Rad Companion Chest CT*- primeiro assistente de software inteligente para radiologia, que pode identificar órgãos e alterações, potencialmente, relevantes para doenças. Voltado para tomografia computadorizada, equipes de cientistas da Siemens Healthineers treinaram os algoritmos subjacentes com base em extensos conjuntos de dados clínicos. Usando imagens de TC do tórax, o software pôde diferenciar as várias estruturas dessa parte do corpo, realçá-las individualmente, marca-la e medir possíveis anormalidades. Isso se aplica igualmente aos órgãos como o coração e os pulmões, a aorta e os corpos vertebrais. O software transforma automaticamente as descobertas em um relatório quantitativo.

O VOC muda de nome para  syngo Virtual Cockpit

Desenvolvido 100% no Brasil, o VOC - Virtual Operations Center – solução exclusiva da Siemens Healthineers, que possibilita o controle remoto de equipamentos de ressonância magnética em qualquer lugar do País, ganha um alto reconhecimento de mercado e passar a ser um produto global da companhia com o nome de  syngo Virtual Cockpit.

*Aguardando aprovação da ANVISA.

Siemens Healthineers

A Siemens Healthineers colabora para que os profissionais da saúde em todo o mundo alcancem melhores resultados, capacitando-os em sua jornada para expandir a medicina de precisão, transformando o atendimento, melhorando a experiência do paciente e digitalizando a saúde. Líder em tecnologia médica, a Siemens Healthineers está constantemente inovando seu portfólio de produtos e serviços em suas principais áreas de diagnóstico por imagem, em diagnósticos laboratoriais e medicina molecular. A Siemens Healthineers também está desenvolvendo ativamente seus serviços digitais de saúde e serviços corporativos. No ano fiscal de 2018, que terminou em 30 de setembro de 2018, a Siemens Healthineers gerou receita de € 13,4 bilhões e lucro ajustado de € 2,3 bilhões e possui cerca de 50.000 funcionários em todo o mundo. Mais informações estão disponíveis em www.siemens-healthineers.com

Publicidade:
Últimas Noticias
30/09/2019
12/09/2019
12/09/2019
11/09/2019