-->
Login
Software inovador na área de infecção hospitalar
Por: Sis Saúde - 10/05/2011

Novo software - ICNet - para controle de infecção hospitalar foi apresentado na última quarta (04.05) em palestra oferecida pelo Sindicato dos Hospitais e Clínicas de Porto Alegre - Sindihospa. A palestra foi ministrada por Roberth S. Smith, gerente de negócios da empresa ICNet, e contou com a mediação do Diretor de Comunicação do Sindihospa, Mauro Stormovski.

Durante a abertura, Mauro Stormovski, salientou que o objetivo maior do evento é transmitir, a um público seleto, as melhores alternativas para a gestão e aprimoramento das instituições de saúde. Stormovski comentou que a empresa ICNet é originária da Inglaterra, que é um país com um controle de infecção hospitalar eficaz, um dos motivos que fez com que o sindicato promovesse a palestra no Rio Grande do Sul, considerando-se a magnitude e relevância do tema.

A ICNet é uma empresa britânica de desenvolvimento de TI, focada no desenvolvimento de software de controle de infecção hospitalar, que está estendendo sua atuação no Brasil. Ademais, tem atuado em outras partes do mundo, tais como os EUA, a França e África do Sul, entre outros.

O programa de software ICNet foi desenvolvido por profissionais da área de infeção hospitalar. Além disso, reúne as informações das várias áreas do hospital e realiza processamento de acordo com as necessidades de cada instituição, gerando relatórios específicos sobre vários parâmetros que abrangem a área da infecção hospitalar. Atua com tecnologia internet/intranet, na plataforma Windows.

Segundo Smith, o programa possibilita criar alertas específicos, intensificando as ações de controle e prevenção das infecções hospitalares. "O programa ICNet permite a vigilância e controle de infecções associadas à atenção médica em nível local, facilitando a vigilância em nível regional", pontou o palestrante.

Uma videoconferência em tempo real foi realizada como demonstração aos participantes, compostos de vários profissionais de saúde. Nessa apresentação, foi demonstrada a possibilidade de criação de relatórios gráficos, comparação de locais ou ainda avaliação de microorganismos, bem como taxas de infecção. Uma profissional do ramo da enfermagem, encarregada do treinamento do software no Brasil falou diretamente de São Paulo aos presentes no Sindihospa.

Publicidade:
Últimas Noticias
30/12/2019
02/12/2019
02/12/2019
02/12/2019